Notícias

Teste que detecta HPV é aliado de papanicolau contra câncer

teste hpvA agência americana que regulamenta os medicamentos nos EUA (FDA) está avaliando a recomendação de um comitê consultivo federal para que um teste capaz de detectar os tipos mais nocivos de HPV passe a ser o método de rastreamento primário para câncer de colo de útero. Se seguidas as recomendações do comitê, o teste passará a ser, nos Estados Unidos, a principal ferramenta de detecção precoce do HPV, à frente do papanicolau.

No Brasil, esse tipo de teste já está disponível, porém ele não deve substituir o papanicolau , deve apenas complementar seus resultados. Atualmente, ele é indicado quando existe dúvida no diagnóstico. A principal vantagem do teste molecular – capaz de identificar o DNA dos dois tipos de HPV mais comumente associados ao câncer – é a obtenção de resultados mais precisos. O exame de HVP, assim como o papanicolau, é feito a partir de coleta cervical no consultório médico.

O ginecologista Valentino Magno explica: “ Como não há medicamento para prevenir o desenvolvimento da lesão provocada pelo vírus HPV, não adianta termos este diagnóstico isolado. O exame papanicolau não pode ser abandonado. Ele deve ser feito com regularidade para que sejam identificadas e tratadas lesões pré-cancerígenas de colo de útero.” A intenção dos americanos é que se o exame de HPV der negativo, a mulher pode ficar de três a cinco anos sem precisar fazer esse tipo de teste.